fbpx

Lótus Azul – A Flor da Conexão e Elevação Espiritual

Lótus Azul é uma linda flor de habitação aquática com propriedades psicoativas leves. Sagrada para os Antigos Egípcios, são onipresentes em sua arte.

Os antigos egípcios notaram essa sintonia solar e acreditavam que o centro dourado da flor foi de onde o deus do sol, Rá, emergiu.

Hoje vamos conhecer um pouquinho sobre a belíssima Lótus Azul, uma planta antiga, exótica e com muitas propriedades ocultas.

Blue Lótus – Pixabay Free Image

Lótus Azul ao longo da história

O mundo vegetal é incrivelmente vasto e regado de mistérios. As plantas se destacaram durante a trajetória da humanidade e se tornaram poderosas aliadas nos mais diversos aspectos das nossas vidas. E basta olharmos para o passado para vislumbrar um longo, rico e profundo relacionamento.  

Existem algumas plantas que são tão especiais cujos usos excedem o simples uso como alimento ou medicinal. São plantas que têm sido usadas há muito tempo na expansão da consciência humana e como portais de conexão com os reinos superiores. E a Flor de Lótus Azul com toda certeza é uma dessas plantas.

Também conhecida como ‘Lírio d´água’ e ‘Lírio Azul Sagrado do Nilo’, a Lótus sempre foi reverenciada por muitas culturas e civilizações antigas, desde os gregos e egípcios antigos, passando pelos chineses persas e muitos outros.

No topo da família dos lírios, a Lótus azul cresce em regiões selvagens, águas turvas e paradas, como lagoas e outros corpos d´água.

O mais interessante nessa planta é sua floração, que acontece uma vez por ano e dura apenas três dias. Isso tornou a planta um símbolo de criação e de renascimento.

A flor é retratada em todos os lugares nos antigos templos e escritos do Egito, pois essa civilização possuía uma profunda compreensão da natureza da vida e sua cultura sempre esteve intrinsecamente ligada ao mundo espiritual. Aliás eles usavam muito as propriedades ocultas da flor de Lótus em suas cerimonias religiosas, rituais e celebrações. Umas dessas formas era coloca-las no vinho que seria compartilhado entre os presentes, pois acreditavam que a Lótus os conectavam ao divino, induzindo a estados superiores de ‘ser’ e de consciência.

E nessas celebrações aconteciam até mesmo ritos sexuais, e não é de se espantar uma vez que faziam questão de retratar os atos nas artes que conhecemos até os dias de hoje.

Presença da Flor de Lótus nos Payrus Egípcios – Pixabay Free Image

Lótus Azul, uma Planta Psicoativa

A verdade é que de fato a Lótus promove o relaxamento, ajuda a relaxar os músculos tensos, permitindo que a energia e a vitalidade fluam com mais harmonia por todo o corpo. Ela também melhora a circulação sanguínea e por isso é considerada um afrodisíaco poderoso.

A energética da flor é amarga e refrescante por natureza, porém é importantíssimo saber que ela possui propriedade psicoativas e deve ser administrada apenas por pessoas experientes.

As propriedades psicoativas da planta são atribuídas principalmente a dois alcaloides: Apomorfina e nuciferina.

  • A apomorfina é um antagonista não seletivo do receptor da dopamina e ativa os receptores da serotonina e os receptores adrenérgicos. Este alcaloide tem sido usado como sedativo e hipnótico para tratar uma ampla gama de condições, como insônia e ansiedade, desde o final do século XIX. Ele estimula os receptores de dopamina e melhora a função motora, por isso tem sido usado com sucesso no tratamento da doença de Parkinson.
  • Já a nuciferina está associada ao bloqueio do receptor de dopamina e tem mostrado potencial terapêutico como uma “droga antipsicótica”. Também demonstrou potencial no tratamento de doenças vasculares onde está presente vasoconstrição anormal, aludindo ao seu potencial como vasodilatador que relaxa vasos sanguíneos e artérias.

Sabendo disso, será que consumo da Flor de Lótus Azul é seguro?

Até o momento, não há casos conhecidos de overdose ou intoxicação grave causada pela Flor Lótus Azul. Contudo é importante ressaltar que seu potencial aditivo foi minuciosamente estudado, então esta flor deve sempre ser tratada com grande respeito, já que seu possível perigo ainda é desconhecido.

Blue Lótus – Pixabay Free Image

Direções e reações ao uso da Flor de Lótus Azul

Entre suas muitas funções, a Flor de lótus azul é uma daquelas plantas que promovem ou aperfeiçoam sonhos lúcidos, uma boa forma de induzir estes sonhos é vaporizando uma infusão com a flor no travesseiro antes de dormir (algumas pessoas utilizam vaporizadores).

A lótus é uma planta tão sutil quanto seus efeitos. Em suma, a florproporciona uma leve sensação de tranquilidade e euforia, juntamente com uma sensação alterada de consciência.

Seus efeitos se combinam muito bem com o vinho, que iluminam o aspecto social e eufórico.

A defumação com Lótus, concentra a capacidade de aprimorar práticas meditativas e introspectivas. Durante a prática, algumas pessoas relatam uma sensação agradável de calor ao redor da cabeça e parte superior do corpo e um sonho como sentimento, como se a própria vida fosse um sonho vívido.

Alguns praticantes relatam que a planta tem uma sensação profundamente calmante e eufórica. Enquanto outros o experimentam mais como um leve efeito estimulante. É interessante como essa experiência medicinal bidirecional varia de pessoa para pessoa.

É por isso que é associado como um tônico restaurador supremo na farmacologia egípcia antiga, já que sua inteligência natural parece funcionar de acordo com o que é necessário.

Flor de Lótus Azul Autêntica Além de Salém

Propriedades Mágicas da Flor de Lótus Azul

A Flor de Lótus é amplamente reverenciada e reconhecida como uma oferta religiosa de respeito e profundidade em muitas culturas. A flor possui associações com muitas divindades, particularmente na Ásia e no Egito.

Na Magia pode ser utilizada para conduzir crescimento espiritual, elevação da consciência psíquica e ativar os Chakras.
Em rituais e feitiços pode ser direcionada para propósitos diversos, entre eles:

  • Combater magia direcionadas para o amor (amarração)
  • Limpeza e proteção
  • Purificação, paz e serenidade     
  • Trazer equilíbrio e calma
  • Promover amor próprio
  • Atrair sorte, prosperidade e fortuna
  • Revelar a verdade
  • Combater ansiedade e insônia
  • Aliviar sentimentos e emoções destrutivas

+Você encontra Flor de Lótus azul autêntica em Além de Salém

De muitas formas, você pode utilizar todo potencial da planta fazendo um óleo com suas pétalas.

Receita do Óleo de Flor de Lótus Azul

Este é um óleo que pode ser utilizado de diversas formas: No corpo para aliviar dores, em meditação para dissipar mágoas, em rituais e feitiços para canalizar o propósito etc…

Para fazer o óleo, adicione a quantidade desejada de pétalas secas à sua mistura de óleo carreador favorito e deixe em infusão por 2 a 6 semanas, agitando diariamente. Se desejar poder colocar cera de abelha no óleo para e transforma-lo num poderoso unguento.

Lótus Azul e sua associação com Deuses Egípcios

As flores de lótus azuis foram ofertadas a muitas divindades do Antigo Egito. Não apenas por sua estonteante beleza, mas principalmente por sua simbologia e associação com a pureza. No Templo de Ísis em Philae, um relevo esculpido mostra uma procissão na qual grandes buquês de flores de lótus e papiros são oferecidos à Deusa, enquanto o texto que acompanha explica que as flores estão sendo usadas para purificar o templo. A Flor de Lótus era uma oferta tão comum que o hieróglifo de um lótus de haste longa passou a ser usado em uma das palavras egípcias para “oferecer”.

A flor também está associada à vida após a morte e ao renascimento, especificamente no mito de Osíris, que trazido de volta à vida com a ajuda de sua irmã e esposa, Ísis, se tornou um símbolo de vida após a morte e renascimento por meio do legado da realeza egípcia.

Templo de Ísis – Pixabay Free Image

Divindades Hindus e a Lótus em suas variações de cor

A história nos conta que a lótus é certamente uma das flores mais amadas entre as divindades do hinduísmo. E elas são ofertadas em cores e números diferentes. A flor possui as cores azul (mais rara), branco, vermelho e rosa (a mais comum).

A Deusa da riqueza e da prosperidade, a Deusa Lasksimi é ofertado lótus rosa. Acredita-se que manter uma guirlanda de sementes de lótus no templo de sua casa agrada a Deusa da boa fortuna. Seu esposo, o Lord Vishnu, também contempla lótus rosa, mas em uma de suas 10 reencarnações, como Lord Krishna é recebido lótus azul (três).

A Lord Shiva é oferecido lótus azul, enquanto sua esposa, a Deusa Parvati, é oferecido o lótus branco. Até mesmo seu filho, Lord Ganesha, recebe a oferta de lótus. Outros deuses como o Lord Surya também tem associação com esta flor. Lord Brahma (seis) e a Deusa Saraswati (nove) também são recebem lótus branco.

O lótus, chamado Kamal em hindi e Pamposh na Caxemira, é uma das poucas flores que podem ser oferecidas em forma de botão (antes de florescer).

Lord Ganesha – Pixabay Free Image

Receita do Óleo de Flor de Lótus Azul

Este é um óleo que pode ser utilizado de diversas formas: No corpo para aliviar dores, em meditação para dissipar mágoas, em rituais e feitiços para canalizar o propósito etc…

Para fazer o óleo, adicione a quantidade desejada de pétalas secas à sua mistura de óleo carreador favorito e deixe em infusão por 2 a 6 semanas, agitando diariamente. Se desejar poder colocar cera de abelha no óleo para e transforma-lo num poderoso unguento.

Considerações finais

Pudemos compreender que a Flor de Lótus Azul possui propriedades estimulantes, narcóticas, calmantes, afrodisíacas e ligeiramente psicoativa, por isso é uma das plantas com os mais diferentes efeitos.

Também é uma das mais versáteis dentro das artes ocultas.

Poder sentir, experienciar a energia de algo tão sublime, nos faz perceber que o divino está presente em cada detalhe que nos circula, mas que por vezes não percebemos.

Enila Magpie – Família Além de Salém

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Lolafá