Varinha mágica, tipos e propriedades

Como escolher a matéria prima de sua varinha – Varinha mágica, tipos e propriedades

A varinha mágica é um instrumento de extensão e condução de energia, mas ainda existem algumas dúvidas que acercam este tema, e um deles é qual tipo de madeira escolher.

A partir daqui, passo a contar-lhe sobre minha experiência pessoal, tudo que aprendi e sua funcionalidade no mundo da Magia.

Publicidade

Varinha mágica, tipos e propriedades

Varinha mágica, tipos e propriedades

Houve uma época em que eu estive obstinada a descobrir qual eram as propriedades de cada espécie de madeira na confecção das varinhas. Fiz uma série de experiências com diversas delas, e foi entre estudos, anotações e prática, que posso afirmar que sim, existe diferença não apenas nos tipos de madeira, tanto quanto na sua forma de colher sua matéria prima.

Antes de se decidir sobre como deve ser sua varinha, você deve conhecer o seu tipo de Magia. Algumas pessoas irão optar por terem uma varinha condutora neutra, que não tenham suas propriedades interferindo na sua prática. Outras já irão escolher varinhas que tenham como função transmitir e potencializar os poderes e energias de amor, cura, banimento etc…

Comecei meus testes com varinhas de frutíferas, começando pela laranjeira e tive grata surpresa.  A energia contida era intensa, doce, suave e completamente diferente de tudo que eu já havia experimentado na condução de minhas práticas. Busquei sentir e compreender o sentido de tudo aquilo, e pude constatar que seu papel não era apenas o de estender os poderes da Bruxa (o).

Utilizando como fonte minhas anotações dos anos de 2003 até 2015, repasso a você minhas conclusões sobre alguns dos tipos de varinhas que utilizo e suas propriedades ocultas.

Tipos de madeiras e suas propriedades mágicas

  • LaranjeiraCura espiritual e física, especialmente no trato de processos depressivos e distúrbios relacionados ao mesmo.  A varinha feita com laranjeira também é eficiente em feitiços de amor próprio e busca do autoconhecimento
  • Macieira – Fertilidade, união, reconciliação, perdão e amor verdadeiro
  • Pessegueiro – Cura física, longevidade, vigor e proteção da família
  • Limoeiro – Purificação e amor
  • Limeira – Cura espiritual e proteção astral
  • Videira – Fertilidade, poderes psíquicos, viagem astral, construção através da mentalização
  • Cerejeira – Transmitir com muita clareza o objetivo da Bruxa (o) em suas práticas. Seria uma varinha neutra se não fosse por sua energia que favorece (e muito) a clarividência
  • Acácia – Cura física e espiritual, condução de mensagens ao plano astral, indução a sonhos proféticos e proteção astral durante feitiços de banimento
  • Pinheiro/ CipresteConsagração e purificação
  • Eucalipto – Muito poderosa para cura de modo geral, tanto de pessoas, animais, plantas como também de ambientes adoecidos por energias densas e prejudiciais
  • Loureiro – Proteção e purificação. Uma varinha de loureiro é eficaz em feitiços que tem por prioridade eliminar a negatividade e influência de espíritos obsessores de um ambiente. Pode também ser utilizada para cura espiritual da família especialmente.
  • Cedro – assim como a cerejeira, o cedro também é ótimo em transmitir com muita clareza o objetivo da Bruxa (o) em suas práticas. Quando as varinhas possuem esta propriedade enfatizada, considero-as neutras, por conduzirem sem interferência alguma a intenção de quem a está utilizando.
  • Ipê amarelo – Conexão astral, poderes psíquicos ampliados, longevidade, paz interior, amor, força e renascimento.
  • Jasmim – Cura dos distúrbios do sono e processos de depressão, mas também atua com precisão em feitiços relacionados ao amor.
  • Carvalho – Poderosíssima ela consegue ser neutra quando necessário, mas também age de maneira decisiva nos feitiços de proteção, cura, fertilidade, purificação e manifestação dos poderes psíquicos.

Varinha mágica, tipos e propriedades

Como colher a matéria prima para uma varinha

O mais indicado é que o galho não seja removido da árvore, mas sim recolhido do chão. Porém algumas árvores necessitam de poda durante uma determinada época do ano (frutíferas especialmente), então não há objeção de adquirir um galho, desde que seja com permissão da árvore. No momento em que for coletar o material da sua varinha, peça licença à arvore e depois agradeça.

Varinhas feitas de madeiras coletadas através de desmatamento sofrem uma violência terrível e jamais trabalhará a energia de modo puro e equilibrado. Portanto se você não puder escolher seus galhos, certifique-se que está adquirindo em um local de confiança que tenha respeito pela natureza e seriedade com este trabalho.

Decoração das varinhas mágicas

Você poderá decorar sua varinha com cristais, símbolos gravados, fitas e tudo mais que você quiser. Porém poderá apenas utilizar os galhos, que podem ser limpos, esculpidos (se desejar) após estarem completamente secos.

Se sua intenção é ter várias varinhas, sugiro que identifique-as antes de guarda-las. Após estarem secas, reconhecer sua origem já não será tão simples.

Considerações finais

Antes de escolhe-la, se possível toque-a, segure por algum tempo e procure senti-la.

O armazenamento da varinha deverá ser feito em tecido escuro preferencialmente.

Não permita que outras pessoas toque-a.

Lembre-se antes de tudo que o poder fundamental e essencial está em sua mente, alma e coração.

A varinha nada fará sem a sua energia!

 

Mais sobre Magia e Espiritualidade em Além de Salém – Fique por dentro de nossas atualizações, curtam nossa página do Facebook.