fbpx

Utilizando Belladonna na Magia

Atropa belladonna – Belladonna – Deadly Nightshade – Magia com Beladona – Como Utilizar a Beladona na Magia – Utilizando Belladonna na Magia

Belladona – Pixabay Free Image

Associada à Saturno, a Beladona (Belladonna) é uma erva tradicional da Europa Ocidental, muito buscada por magistas de diversas tradições devido suas fortes e exclusivas propriedades ocultas.  

Existem duas referências em relação ao nome desta planta:

A primeira delas é que ‘Belladonna’ deriva do fato de que as mulheres italianas tinham o perigoso hábito de utilizarem um preparado com esta planta, para dilatarem suas pupilas. Elas acreditavam que com este procedimento se tornavam mais desejadas.

E a segunda é que esteja relacionada à Deusa ‘Bellona’. Historicamente documentos contam que a erva foi amplamente utilizada em rituais de honra e homenagem a deusa romana da Guerra.

As Bruxas e o uso da Belladonna

Há cerca de 10 mil anos atrás, as bruxas europeias utilizavam a planta em um unguento, onde extraia seus constituintes na gordura animal e esfregavam na pele. Essa ‘pomada’ foi popularizada na idade média e fazia parte de rituais ancestrais, pois acreditavam que junto com ópio e outras plantas, esse unguento proporcionava ‘voos’ a quem utilizasse o composto na pele.

A verdade é que os componentes desse preparo extremamente perigoso, continham junto com a Atropina, outras substâncias alucinógenas, de forma que estes voos eram na verdade episódios alucinantes.

A planta é tradicionalmente associada à projeção astral, mas vale a pena ressaltar, que por ser uma planta saturnina, ela te arrasta para e solo ao invés de fazer levitar ou voar. A vibração emitida pela Belladonna é totalmente contrária à leveza sugerida na idade média, de forma que precisa ser estudada e experenciada com muita cautela em finalidades ocultas.

Belladona – Pixabay Free Image

Na feitiçaria tradicional, a belladonna é tipicamente colhida ao som de cânticos, isso revela o respeito e a admiração desta cultura pela erva até os dias atuais. Em algumas tradições é comum ainda que seus membros cantem e dancem despidos no dia da colheita, o motivo seria a canalização do poder da erva para a ‘Magia Sexual’.

Belladona desidratada para Magia você encontra na loja Além de Salém

+ Você encontra Belladonna em Além de Salém

Usos mágicos com a Belladonna

A Belladonna é forte, poderosa e possui muitos usos mágicos. É uma planta feminina por natureza, seu elemento é a água e está associada às divindades Bellona, ​​Circe e Hecate, pode ser usada em uma série de rituais, entre eles:

  • Amuletos de proteção em viagem astral – Onde um pouco da erva junto a um pouco de Artemísia, canela e sândalo são colocados em um saquinho de algodão preto, junto à um fio de cabelo daquele que deverá fazer a passagem de forma segura, e um pedacinho de pedra ou um pouco de terra do lugar em que vive (como ponto de localização de retorno). O saquinho deverá estar no ambiente em que a pessoa dorme.
  • Amuleto de proteção com Belladonna pendurado em uma janela, junto a um objeto de ferro (pode ser um prego), um pedaço de espelho quebrado e uma turmalina negra, protege contra encantamentos e maldições.
  • Amuleto de amor, que no momento em que beija alguém segurando este amuleto, faz como que esta pessoa se apaixone perdidamente (não esqueça do ônus cármico). Este amuleto é feito com óleo de rosas rubra, belladonna, gengibre, o ginseng e cardamomo (se for uma reconquista de amor antigo, adicionar um pouco de Damiana).
  • Em óleo ritual para ser utilizado em velas, instrumentos de poder e objetos de conexão em rituais de cura, morte, transformação e juventude eterna. A regra para prepara-lo é que deve ter como base um óleo de boa qualidade, pode ser azeite extravirgem por exemplo. A lua é de acordo com a finalidade qual deseja obter.
  • Em tinta mágica, para escrita de atração ou repulsão. Esta deverá ser feita em álcool de cereais e adição de pigmentação de cor de acordo com o propósito (o mesmo serve para o calendário lunar).
  • Diluída em uma grande quantidade de água (1 colher de belladonna para 3 litros de água) em limpeza de ambientes, na remoção de larvas astrais e todo tipo de energia nociva impregnada no local.
  • Em defumação (em ambientes externos, sem inalar), em rituais de evocação e invocação.
  • Em sachês de sonhos proféticos consagrado a Hécate.
  • Um pouco de Belladonna em uma garrafa de Bruxa, faz com que toda energia densa enviada por outras pessoas seja rebatida.

Bela e letal – Belladonna

Pertencente à família Solanaceae, a planta cresce em torno de 60 a 1.50 cm de altura, suas folhas são espessas, grandes e as flores acastanhadas tem uma aparência peculiar, que assimilam a veios em sua estrutura. O aroma da Belladona é doce e seus frutos negros, brilhantes são letais a qualquer ser vivo.

Sua letalidade possui referência até mesmo no nome, Atropa Belladonna vem do grego Átropos, um dos três destinos da mitologia grega, responsável por cortar o fio da vida de cada pessoa na hora certa.

Todas as partes da planta contêm os alcalóides atropina , hioscina e escopolamina , tornando-a venenosa. A maior concentração de alcalóides é encontrada em suas frutas maduras, raízes e folhas verdes. 

Em seu mecanismo de ação, a atropina e escopolamina são antagonistas competitivos da acetilcolina no local de ligação comum dos receptores muscarínicos . Eles diferem em sua capacidade de afetar o sistema nervoso central (SNC). A atropina tem efeitos limitados no SNC, enquanto a escopolamina tem efeitos centrais proeminentes devido à maior passagem através da barreira hematoencefálica.

Belladona – Pixabay Free Image

Efeitos colaterais causados pela Belladonna

Esta planta é altamente imprevisível em sua ação no corpo humano, o que aumenta sua periculosidade, portanto deve-se sempre manuseá-la com luvas. Sua

ingestão por via oral aumenta os riscos de várias condi­ções clínicas, como sérias complicações na gravidez, doenças cardiovas­culares, transtornos gastrointesti­nais, doenças psiquiátricas e pode inclusive causar a morte.

Alguns dos efeitos colaterais causados pela Atropina são:

  • Aumento da frequência cardíaca (palpitações – taquicardia)
  • Ressecamento acentuado da boca
  • Dilatação das pupilas (midríase) e turvamento da visão e fechamento da íris
  • Ataxia
  • Agitação, excitação, delírios e alucinações (Confusão mental)
  • Disfagia (dificuldade de engolir)
  • Disfonia (dificuldade de falar)
  • Retenção urinária
  • Dores de cabeça
  • Coma

Uso medicinal da Belladonna

Apesar de sua natureza extremamente tóxica, a medicina moderna obteve atropina e escopolamina da planta para tratar doenças como a síndrome do intestino irritável, cólon espástico, úlceras estomacais, doença de Parkinson, entre outras.

Atenção: Você NÃO deve tentar preparar Belladonna como medicamento. Entre em contato com seu médico licenciado local para obter detalhes sobre como usar Belladonna com segurança para tratar as doenças mencionadas acima. Se você deseja usar Belladonna para projeção astral ou divinação, sugiro usar outras ervas, como Erva-dos-Sonhos (Calea Zacatechichi), Artemísia ou Lótus Azul.

Belladona – Pixabay Free Image

O cultivo da Belladonna

O cultivo, comercialização e distribuição da Belladonna é legalizado em vários países da Europa, Brasil, Paquistão e América do Norte, mas germinar e cultivar esta planta pode não ser tão simples.

Ela deverá ser semeada no inverno, sua germinação funciona melhor através da imersão em água fria, dentro da geladeira por duas semanas em um recipiente fechado. A água deverá ser trocada diariamente. Quando retiradas da geladeira, devem germinar em solo num prazo médio de 2 a 4 semanas. A planta se desenvolve melhor em solos drenados e que possuam maiores índices de calcário. Deverá ser ‘alimentada’ com bastante matéria orgânica, sombra parcial e não resiste à geada.

Esta é uma espécie perene; primeiro vem as folhas, depois as flores que se tornam bagas.  Uma vez que a planta está estabelecida, ela pode ser propagada por estacas. As raízes são colhidas no outono, geralmente do primeiro ao terceiro ano.

Para guardar as sementes, trate os frutos como tomates: esmague os frutos (use luvas!) e os coloque num recipiente com água. As sementes vão afundar e as sobras do fruto irão subir. Coloque as sementes para secar em um prato com papel toalha.

Praga que costuma atacar a Belladonna: Lesmas.

Belladona – Pixabay Free Image

Considerações Finais

A Belladonna ou Beladona tem vários nomes, entre eles estão: Bela-dama, erva-envenenada; tollkirsche (alemão); belladona (espanhol, inglês); belladone (francês); deadly nightshade, dwale (inglês); belladonna (italiano).

Sempre que manusear esta planta, utilizar luvas e não permitir o contato com a pele e mucosas.

Se você quiser cultivar a planta, lembre-se que seus frutos atraem crianças e animais, portanto manter afastado do alcance dessa turminha ok?

A Belladonna ao lado da mandrágora e meimendro (também venenosas) é uma das mais poderosas ervas na Magia.

Além de Salém redes sociais e Loja

Para ficar por dentro de nossas atualizações, segue no Instagram, Facebook e confira vídeos exclusivos no Tiktok @alemdesalem.

Em Além de Salém você encontra uma grande variedade de suprimentos e instrumentos para ocultismo!

Bênçãos e Luz – Família Além de Salém

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Lolafá