Os gatos e a espiritualidade

Quais são as influências dos gatos em nossas vidas, em nossos lares? Quais são suas habilidades ocultas e tudo sobre Os gatos e a espiritualidade.

Gatos, seres fantásticos, repletos de mistério e dons que muitas vezes passam despercebidos por aqueles que não possuem uma conexão espiritual mais latente. Os gatos possuem uma compatibilidade única com pessoas mais espiritualizadas, que possuem conhecimento, sabedoria e muitas vezes habilidades aprimoradas.

Os Gatos e a Espiritualidade

Animais que possuem energia que transcende, se conecta com reinos espirituais elevados, e quanto mais idade adquirem, maior é este campo energético.

Eles não se importam com aparências, pois enxergam a essência. Sua manifestação de amor é livre, sem submissão e com respeito de espaço.

Os sentidos destes felinos são aguçados, eles captam sons que você não consegue ouvir, veem o que você não consegue ver, sentem muitas vezes o que você não consegue sentir. Estes e outros sentidos, são atribuídos ao seu ‘terceiro olho’ (glândula pineal ativada).

Os gatos podem sentir auras e energias muito melhor do que qualquer outro animal. Cientificamente, a visão de um gato é verdadeiramente superior à de um humano.

Os Gatos e a Espiritualidade

Uma outra habilidade deste animal é sentir e influenciar a energia eletromagnética, como presença de espíritos e energia densa de um modo geral. Neste processo, eles atuam no equilíbrio energético, como protetores contínuos, elevando o padrão vibratório e afastando todo tipo de influência maléfica e destrutiva.

São intuitivos, confiam em sua orientação interior, são positivos e capazes de fazer grandes transformações no ambiente em que vivem.

Especialistas em todo o mundo, afirmam que os gatos emitem e seu ronronar, um padrão estável em sua frequência (25 e 150 hertz), capazes de promover autocura. Estes estudos comprovam que há uma grande melhora nos casos que necessitam a regeneração de células, densidade óssea, controle da hipertensão e das doenças cardiovasculares.

Lições que devemos aprender com os gatos

  • Com eles podemos aprender muito sobre a importância do silêncio, recolhimento e paciência, e com isso atingir níveis elevados na meditação especialmente
  • Entrar em contato com o nosso inconsciente e obter o conhecimento do ‘eu interior’
  • Lição diária do amor incondicional com entrega e demonstração de afeto
  • Preservação do corpo no sentido de um templo
  • Organização, desempenho, equilíbrio e definições de espaço
  • Gosto refinado e senso de oportunidade
  • Conexão com tudo que envolve o oculto
  • Momentos de descanso, introversão e solidão

E muito mais…

Os Gatos e a Espiritualidade

Telepatia – Reencarnação – Viagem Astral

É possível praticar a meditação e telepatia com os gatos,  e isso vale tanto para os gatos fisicamente encarnados e também para aqueles que já estão de volta ao Plano Astral. Guardião e guia espiritual,  sempre terão uma conexão com seus protegidos. Gatos reencarnam inúmeras vezes, e assim como nós, seres humanos, eles  também possuem uma missão a seguir.

Gatos nos protegem em viagem astral, assim como também acompanham nossa evolução em conexão e comunicação direta com o plano espiritual.

Os Gatos e a Espiritualidade

Gatos em diferentes tempos e culturas

Desde os tempos antigos até os tempos modernos, os gatos foram considerados especiais e continuarão a serem tratados como tal. Vendo e sentindo auras, dando sentimentos de calor e amor, protegendo ou simplesmente sendo apenas animais adoráveis, confira:

Grécia

Possuíam em sua simbologia, as mesmas conexões atribuídas a deusa Afrodite, associados ao amor, prazeres e a feminilidade. Na história há estudos que comprovam sua ligação ainda com a deusa Ártemis.

Egito

Eram reverenciados. Este antigo povo possuíam profundo respeito por estes felinos, que representavam fertilidade, abundância e prosperidade em sua cultura. Considerados como a personificação da Deusa Bastet, tornou-se um animal sagrado. O egípcios antigos acreditavam que os gatos eram condutos para os deuses, podiam ajudar a prever o futuro e proteger os vivos dos habitantes do submundo. Os gatos eram tratados como membros das famílias. Após a morte, eram mumificado e colocados em seus próprios lugares de descanso, muitas vezes junto com seus mestres.

Povo Celta

Estavam diretamente ligados a deusa Ceridwen (seu culto possui correspondência com este felino).

Cultura Nórdica

Eram associados a deus Freya, que possuia uma carruagem puxada por dois gatos. A representação destes animais é muito significativa, pois representavam as qualidades e conexões da deusa, que seriam ferocidade e fertilidade. Na Finlândia os povos antigos acreditavam que as almas dos mortos eram conduzidas até o ‘além’, por uma carruagem puxada por gatos.

Europa

Na Europa, o gato é o símbolo de um guardião da vida, muitas vezes atribuído à caça e consumo de ratos que podem espalhar doenças. Mas eles também podem ser atribuídos à morte, razão pela qual bruxas e bruxos tinham gatos como familiares.

Ásia

Em toda Ásia os gatos eram admirados e respeitados devido a sua capacidade de autodomínio, concentração e independência. Na China antiga, estatuas destes animais eram utilizadas para afugentar entidades maléficas. No Japão (da antiguidade até os dias atuais), eles carregam a sorte, atraem riqueza e afastam os maus espíritos do mar e da terra. Uma curiosidade, é que até hoje existe uma superstição, de quem pessoas que afugentam ou maltratam gatos, estão mandando sua prosperidade embora.

Os Gatos e a Espiritualidade

Considerações finais

Se você tem uma criaturinha dessas em casa, assegure-se de coloca-lo no colo ao menos uma vez ao dia. O gato transmutará toda energia negativa contida em seu corpo, e te dará uma sensação de leveza e alívio.

Se o seu gatinho se deitar insistentemente em uma determinada região do seu corpo, é um sinal de alerta de que algo pode não estar indo muito bem e ele está tentando eliminar o problema.

Quando o gato dorme, ele está transmutando a energia absorvida, um repouso necessário para que sua atuação no lar seja contínua e eficaz, portanto não perturbe o sono do animal.

Se um gato veio até você, existe um motivo (acredite). Não o abandone caso não possa ficar com ele. Nestes casos o melhor é procurar cuidadosamente um lar que possa adota-lo.

Não deixe seu animal solto, especialmente nos dias 13 que caem em uma sexta-feira. Pois infelizmente ainda existem pessoas que praticam atrocidades contra estes seres maravilhosos, verdadeiros terapeutas holísticos.

 

Mais sobre Magia e Espiritualidade em Além de Salém – Fique por dentro de nossas atualizações, curtam nossa página do Facebook.

2 thoughts on “Os gatos e a espiritualidade

  1. Otima materia!

    1. Gratidão Catarina 🙂 Muita Luz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *